O que é uma #hashtag?

O que é uma #hashtag?

Nos últimos tempos, na Internet, uma das palavras que mais se tem disseminado é a palavra “hashtag“.

De repente, começamos a ouvir falar de (e a ver) “hashtags” um pouco por todo o lado. Principalmente nas redes sociais, mas também em anúncios, em vídeos e até como um novo ícone de moda (hashtags estampadas em t-shirts, em malas, em capas para telemóvel, etc.).

Mas o que é na prática uma hashtag, como surgiram e como se utilizam?

  • O que é uma hashtag?
    Uma hashtag é na prática uma palavra-chave, precedida do símbolo cardinal (#). Serve para associar uma mensagem a um determinado tema. Por exemplo, se publicarmos uma mensagem no Facebook sobre o planeta Marte, podemos terminar essa mensagem com as hashtags: #marte #astronomia
    Quando uma hashtag é criada, ela transforma-se num link, que, ao ser clicado, vai direccionar o utilizador para todas as publicações que utilizaram a mesma hashtag. Isto permite a quem publica atingir uma audiência muito maior, e a quem pesquisa poder encontrar mais facilmente publicações recentes sobre os temas do seu interesse.

    As hashtags podem ser na prática uma palavra só (exemplo: #planeta), ou uma pequena frase, em que as palavras se escrevem todas de seguida, sem espaços e sem pontuação (exemplo: #sistemasolar). Atenção também ao seguinte pormenor: hashtags com e sem acentos, produzem resultados diferentes. Assim, a hashtag #constelacao é diferente de #constelação. O mais comum, é utilizarem-se as hashtags sem acentos nem cedilhas, mas há quem utilize as duas variantes.

  • Como surgiram as hashtags?
    As hashtags começaram por ser utilizadas inicialmente no Twitter, em 2007, como uma forma dos utilizadores organizarem as suas mensagens em tópicos. Isso permitia a criação de discussões em torno de assuntos comuns, onde os interessados podiam participar facilmente, adicionando simplesmente a hashtag correspondente ao texto das suas publicações.

    O sucesso deste mecanismo, fez com que o mesmo fosse também adoptado por outras redes sociais, e actualmente as hashtags funcionam também no Facebook, Instagram, Google+, Pinterest, LinkedIn, etc.

  • Como utilizar as hashtags de forma correcta?
    Tal como em tantas outras coisas, também aqui existem regras. Seguir as regras é a diferença entre as hashtags serem eficazes ou completamente inúteis. Aqui ficam as principais:

    Regra nº 1: Não exagerar na quantidade de hashtags associadas a cada publicação. De uma forma geral, recomenda-se que não se ultrapassem as 5. A ideia é utilizar apenas as mais relevantes e não generalizar. A utilização excessiva de hashtags, pode ser considerada SPAM e no limite as suas publicações poderão ser omitidas dos resultados.

    Regra nº 2: Escreva hashtags relativamente curtas e com nomes comuns. Por exemplo, se criar a hashtag #euqueroiramartenumanaveespacial, a probabilidade de alguém efectuar uma pesquisa por essa expressão é praticamente nula. Já: #iramarte ou #viajarnoespaco serão sem dúvida mais apropriadas.

    Regra nº 3: Evite erros ortográficos. Um erro ortográfico pode ser a diferença entre milhares de pessoas acederem à sua publicação ou ninguém aceder. Em caso de dúvida, use um corrector ou consulte o dicionário.

Agora que já sabe o que são e como se utilizam as hashtags, que tal começar a utilizá-las já nas suas próximas publicações? Irá obter mais leitores, mais comentários, mais “gostos” e uma maior interactividade com toda a gente.

#fimdoartigo

Partilhar este artigo: